00159d3f-4a1c-4417-aa17-e59012128ba6.jpg

Us Weekly: Britney se recusa a trabalhar em protesto contra a conservadoria

  • 13 de março de 2020

Ainda não é um pronunciamento oficial, mas finalmente temos uma posição de Britney diante de seu estado e de sua carreira, após seu filho mais novo, Jayden, afirmar que a mãe estaria pronta para se aposentar. De acordo com a Us Weekly, Britney é contra a conservadoria.

A notícia da revista, inclusive, pode ser vista como uma contenção de danos após o vídeo no instagram do filho ter ganhado a TV dos EUA, mas o que nos diz a Us é que Britney “não quer trabalhar, por desentendimentos com o pai, Jamie, e por algumas regras do sistema que a torna uma cidadã incapaz e inválida na administração da carreira”, revela a fonte. Ela ainda culpa o pai por perder a guardar dos filhos para o ex-marido, Kevin Federline, diz a matéria.

“Ela tem aproveitado o tempo fora dos holofotes e não tem planejado lançar música por um bom tempo como uma forma de protesto contra a conservadoria, na qual Jamie (67) tem controlado Britney desde 2008. Como um conservador, ele tem poder sobre todos os negócios e marcas da filha, seus assuntos pessoais, incluindo seus relacionamentos amorosos, e até seu imposto de renda”, conta a revista.

“Britney se expressou e disse que não quer trabalhar novamente, pois não apoia a ideia de ficar dentro de uma conservadoria”, disse uma fonte à Us. “Ela ainda lamenta que seu pai receba 10 mil dólares por mês por seus serviços ao cuidar dela própria”.

Outro insider confirmou à revista que ela tem “zero pressa” para gravar qualquer coisa atualmente. “Esse pensamento nem passa pela cabeça dela. É o maior intervalo entre álbuns em sua carreira – já que o Glory vai completar quatro anos de lançamento – e ela está ótima dessa forma”, adiciona a fonte.

A Us Weekly fez ainda uma matéria em vídeo sobre o assunto, que traz as mesmas informações que contamos acima. Assista (clique nas configurações do vídeo para ativar legenda):

US WEEKLY: Britney protesta contra conservadoria

Us Weekly: Britney inicia protesto contra a conservadoria ao se negar a trabalhar. Tradução em breve no site.

Publicado por BritneyOnline em Quinta-feira, 12 de março de 2020

Leia aqui a notícia original, em inglês.

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.