gettyimages-937675716

Tutela de Britney recusa pedido de aumento de pensão de Kevin Federline

  • 4 de abril de 2018

Nem tudo está correndo como planejado para Kevin Federline. O ex-marido de Britney havia solicitado um aumento de pensão a tutela de Britney no último mês. O valor seria o dobro dos atuais US$20.000, totalizando assim US$40.000 para, em teoria, cuidar dos dois filhos dentro do mesmo padrão da mãe, para que ele não se sentisse em desvantagem.

“Kevin acredita que o valor é justo e muito menor do que um juiz ordenaria baseado no seu rendimento atual”, revelou uma fonte. A “atual situação” de Britney, no caso, são os milhões de dólares que ela fez desde 2008, que incluem contratos publicitários e merchandising, uma turnê mundial (Femme Fatale), uma residência (Piece of Me) e shows avulsos (Live In Concert). Kevin alega que, desde que o acordo entrou em vigor, nunca pediu reajuste na quantia, e que isso poderia ser revisto agora.

 

A fonte anônima informa a revista US Weekly que “isso não passa de uma apelação sem vergonha por dinheiro. Kevin não tem um emprego fixo há muito tempo. Ele continua sugando dinheiro de Britney”
Apesar de Britney não poder apelar pela custódia total dos filhos enquanto estiver numa tutela administrada pelo pai, “ela não irá permitir que Kevin se aproveite. Se ele ousar impedir os filhos de vê-la após solicitar aumento de suporte financeiro, vai ser um inferno para pagar.” Britney tem sua vida administrada por duas tutelas: uma de ordem pessoal, que é mantida por seu pai, com respaldo médico e com acompanhamento judicial sigiloso; e outra de negócios, que é administrada por uma equipe de advogados e o pai de Britney – essa, por sua vez, não é sigilosa. E é por isso que todos tem conhecimento dos gastos e proventos. (Inclusive nós, fãs, que vemos a lista de gastos da cantora em sites como TMZ, People…). Enquanto a tutela de ordem pessoal estiver em vigor, dificilmente Britney conseguirá a guarda dos filhos, pois – por definição – a tutela é aplicada em pessoas que são consideradas incapazes de cuidar de si mesmas. Se ela não pode ser responsável por si, não poderia se responsabilizar pelos filhos.

+ Leia: Kevin se nega a falar sobre o pedido de aumento de pensão ao E! News

Pensando nisso, Jamie está, de acordo com relatos, tentando acabar com a tutela – que precisaria de aprovação dos médicos que cuidam de Britney, assim como a análise de um Juiz. “Jamie está em contato constante com a equipe média de Britney para determinar se a tutela de ordem pessoal de Britney poderia chegar ao fim. É só uma questão de escolher o período adequado, já que ela está para começar a fazer uma turnê. O desejo é que seja na conclusão [da turnê].”

2018 promete!

 

Fonte: US Weekly

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.