kevin

Entendendo o processo de Kevin Federline contra Britney

  • 24 de maio de 2018

A novela continua! Kevin Federline, através do seu advogado, agora está pedindo nos tribunais americanos que a pensão paga a ele seja aumentada em “pelo menos três vezes” ao que está sendo pago atualmente.

Mark Vincent Kaplan, que representa Kevin, disse a Us Weekly que as deliberações já foram feitas no sentido de tentar um acordo entre as partes, mas sem sucesso para o seu cliente até agora.

“Nós demos a eles tempo suficiente para chegar a um acordo e resolver o aumento do suporte financeiro dado a Kevin, e (os advogados de Britney) sempre retornam com condições não são razoáveis.”

Segundo o advogado, os representantes de Britney não querem passar todas a informações financeiras da artista, que segundo ele, são obrigatórias pelo estado da Califórnia em questões de família, dificultando assim um acordo amigável.

+ Leia: Kevin se nega a falar sobre o pedido de aumento de pensão ao E! News

Tudo começou quando Kevin alegou que só consegue receber através de seus trabalhos cerca de US$3.000 por mês, que representa menos de 1% do que Britney recebe. Essa matemática daria a ele uma vantagem jurídica afim de apelar para um aumento. Ele também alega receber muito pouco pelos trabalhos que consegue como DJ, e que está “muito velho para dançar“.

+ Tutela de Britney recusa pedido de aumento de pensão e acordo proposto por Kevin

Já a tutela de Britney considera, de acordo com o TMZ, que Britney não deve ser penalizada pelas escolhas de Kevin, pois foi escolha dele ter mais filhos após o divórcio, e ela não tem obrigação de sustenta-los. Jamie Spears está participando das negociações e já deu declarações à imprensa de que não cederá as pressões para aumento de pensão, por considerar “absurda”.

Fonte: TMZ

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.