everytime in the zone 2003

De Björk a Britney: compositor de “Everytime” comenta os bastidores de suas produções e elogia Spears

Em 2017, a publicação Consequence of Sound publicou um especial com o famoso compositor e produtor Guy Sigsworth, e hoje convidamos todos do B-army a revisitá-la. Are You Ready?

Resultado de imagem para britney are you ready gif

No artigo, Guy comenta seus melhores momentos no estúdio com artistas como Björk, Robyn e Britney. A parceria dos dois rendeu frutos como “Someday” e “Over To You Now” em 2004/2005. Em 2008, ele voltou a trabalhar com Britney no álbum Circus, produzindo o cover que ela gravou para “Out From Under” (originalmente a música foi gravada por Joanna Bratz em 2007, para a trilha do live action das bonecas Bratz – ouça aqui). Ele também co-escreveu e produziu a faixa “My Baby”.

Guy em estúdio / Divulgação


Confira abaixo o relato dele sobre a composição de “Everytime”, faixa que produziu e co-escreveu com Spears.

“Eu fiz algumas músicas com a Robyn, e ela tinha uma parceria com toda essa galera da Suécia, como com o Max Martin. Ela tocou algumas músicas que fizemos juntos para o pessoal do Max e eles realmente curtiram e disseram ‘Nós deveríamos chamar Britney para escrever com ele’. Ela então veio ao meu estúdio para trabalhar em seu material fofinho, mas eu não sabia muito bem o que fazer, já que ela era famosa por suas músicas dançantes com uma pegada mais forte e eu não sou bom em criar coisas dance. Mas acabou sendo uma ótima parceria! Ela teve a ideia base para ‘Everytime’, e eu realmente senti que o coração dela estava naquilo. Então eu soube qual era minha missão com ela. Ela acreditou no meu trabalho e a dificuldade que veio foi conseguir manter a simplicidade que ela trouxe originalmente para a música. Trabalhar com ela me deixou muito feliz.

Na época, Britney havia começado a tocar piano, e ela conseguia tocar o suficiente para arrancar dali a melodia base para a música. Então ela me mostrava o que tinha e eu dizia ‘Bom, o que você acha de preenchermos as lacunas com isso aqui?’.

Nós dois sabíamos onde queríamos chegar com a faixa depois dela gravar os vocais. Eu adoro quando o artista grava os vocais logo no começo, pois me sinto livre para experiementar o arranjo de diferentes formas. Adoro quando é fácil assim trabalhar com alguém, o que nem sempre acontece.

Imagem relacionada
Guy e seu parceiro de produção, Elms, em Londres, trabalhando para Alanis Morissette / Sound on Sound

Nós dois queríamos evitar essa ideia de música melosa e brega como as baladas clichês. Ela não queria aqueles sininhos ao fundo, ou aqueles barulhos que vêm daqueles ornamentos com tubos de madeira que penduramos em nossas casas e ficam balançando com o vento. Ela também não queria tambores dramático. Ou seja, eu AMEI!”

Leia aqui o artigo na íntegra, no qual ele fala sobre os outros artistas.

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.