Compositor de “Slumber Party”, Justin Tranter assina como produtor executivo no B10 e comenta sobre o projeto

Justin Tranter Glory

Depois de ter sido confirmado como produtor executivo do novo álbum de Britney, que estava sendo gravado de uma forma meio que secreta, o produtor Justin Tranter tem sido bombardeado por fãs no Twitter em busca de informações sobre a direção do trabalho.

Justin, a compositora Julia e Britney nas gravações do “Glory”

Em respeito a situação da carreira da cantora Britney, que está cuidando do seu pai doente, e por isso entrou em hiato profissional, ao contrário de outro Justin, o Tranter prometeu não falar sobre o assunto de forma detalhada. Mas acabou por dar alguns breve detalhes do trabalho: terá “músicas mais relaxantes, mas também terá hinos (animados)”.

“Cheio de bops. Lotados de bops. Todos os espectros de bops!”

Julia Michaels é a parceira de Justin em seus projetos. A compositora e cantora comentou sobre o trabalho com Britney em abril de 2017, em entrevista à revista V: “Ela [Britney] é fenomenal. Eu não acho que as pessoas percebam o quão talentosa ela realmente é. Ela entrou no estúdio, nós tocamos alguns acordes para ela, e rapidamente ela criava as melhores melodias pop, porque elas estão tão enraizadas em seu cérebro. Ela ainda cria o conceito da faixa e senta com a gente para se certificar de que as letras soariam perfeitas para o conceito que ela criou, antes de ir embora do estúdio’. Ela é a melhor!”, afirma a compositora Julia.

Julia e Justin em estúdio


Tranter também comentou sobre Britney, em uma entrevista para a revista OUT, em 2017. Perguntado sobre quais ídolos ele mais curtiu trabalhar, ele diz que, naturalmente, a Curtney Love foi um deles (é ela quem o entrevista para a publicação), além da Gwen Stefani, e completa: “Mas quem me surpreendeu MESMO foi a Britney. Ela tem umas ideias bem loucas que ninguém imaginaria, principalmente nos conceitos das músicas. Uma delas entrou no Glory e se chama Just Like Me. Ela chegou no estúdio nesse dia dizendo “E se a gente escrevesse uma música sobre eu estar ansiosa para encontrar um cara e, quando eu chegasse no encontro, visse que ele já estaria com outra mulher parecida comigo?”. Eu fiquei tipo “Ok, Britney Spears. Vamos fazer essa música juntos. Vamos enlouquecer juntos”

Imagem relacionada
Britney no clipe de “Make Me”

Basicamente poderíamos dizer que Justin está descrevendo um Glory 2.0, já que o último álbum de inéditas de Spears, lançado em 2016, segue essa vibe, tendo Justin e Julia na maior parte das faixas.

Julia compôs seis faixas do “Glory” junto com o Justin: Invitation, Do You Wanna Come Over, Slumber Party, Just Like Me, Better e Change Your Mind. Sem o Justin, ela co-escreveu Just Luv Me. Tanto Justin quanto Julia são famosos por seus trabalhos com Selena Gomez e Justin Bieber, além de Michaels ter se lançado como cantora após o Glory, tendo performado, inclusive, na abertura das Olimpíadas no Brasil, em um feat dela com o DJ KYGO:

Nos resta esperar, one more time, já que Britney não deve lançar qualquer material no ano de 2019, por conta do hiato em sua carreira.

Contribuíram para esta notícia: Leonardo Magalhães, Danilo Cipriano e Alan Mangabeira

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral, está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.