blackout

“Blackout” é eleito um dos melhores álbuns do século pelo The Guardian

  • 16 de setembro de 2019

O conceituado jornal The Guardian convidou 45 jornalistas de cultura para elencarem os 100 álbuns mais importantes – e melhores – do século XXI. Incluindo todos os gêneros musicais e focando em trabalhos cantados na língua inglesa, a lista traz Beyoncé, Gaga, Rihanna, Missy Elliot, Charlie XCX, Justin Timberlake, Mia, Lana, e claro, Britney.

O Blackout ficou na colocação 39 da lista, perdendo para “Lemonade” e “B’Day” da Bey, “Blackstar” do David Bowie, “Body Talk” da Robyn (que participou do “Blackout”), e “Black to Back” da Amy, que ficou em primeiro lugar – considerando os artistas pop do top 40.

“Feito em meio à sua fase mais conturbada, o Blackout desafiou as chances de se tornar um diamante pressionado pelo lixo. A produção é toda desprezível e ao mesmo tempo vibrante, e as melodias de Britney têm a ingenuidade distorcida das rimas infantis. Os dois grandes singles são geniais: Piece of Me rebate fofocas dos tablóides como um taco de golfe sonoro e Gimme More é a melhor música de todos os tempos, um psicodrama erótico em que os sussurros do título soam como uma mulher se afogando na ambição”, diz a publicação.

Confira algumas colocações de divas do pop e do rock, além de alguns sons semelhantes com vocais masculinos, como do JT e N.E.R.D. (banda do Pharrell que produziu “Slave”, “Boys” e “Why Should I Be Sad”

1-Amy Winehouse- Back to black
9-Beyoncé- Beyoncé
24 – David Bowie – Blackstar
25-Beyoncé- Lemonade
39-Britney Spears – Blackout
52 – NERD – In Search of
57 – Amy Winehouse – Frank
70-Lana Del Rey- Born To Die
72-Lilly Allen – Allright Still
80-Lady Gaga- The Fame
87 Justin Timberlake – Justified
89-Taylor Swift – 1989
95 – Charlie XCX – Pop2
99-Rihanna – Anti

Clique aqui para conferir a lista completa.

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.