Billboard elege os 100 melhores clipes do século XXI

britney-oops-video

Refletindo sobre as mudanças da indústria musical, como a queda de venda dos CDs e a falta de interesse pelo TRL da MTV que perdeu espaço com a chegada do You Tube, a Billboard resolveu preparar esta semana conteúdos especiais sobre o passado, presente e futuro da música, começando hoje com uma lista enumerando os 100 melhores clipes do século XXI, escolhidos por meio da sua equipe de críticos. Britney Spears marcou presença com dois vídeos: “Toxic” em 7º lugar, e “Oops!… I did it Again” em 33º:

7. “Toxic” (dir. Joseph Kahn, 2004)

Britney Spears presenteou o século XXI com uma série de looks inesquecíveis, e o vídeo de “Toxic” ostenta alguns embaraçosos: a comissária de bordo da Mile High Club, cujo beijo transforma um passageiro em uma modelo estonteante; a agente secreta que atravessa lasers com cabelo ruivo fogo; e claro, coberta de diamantes e contorcendo-se ao redor do chão como uma Bond Girl, para acabar com todas as Bond Girls. Seja se empinando no corredor de um avião ou envenenando o namorado (cinco anos antes de “Paparazzi”) e pulando de uma sacada na noite, a Britney “Tóxica” limpou aquela aparência de colegial e deu o tom para os próximos 15 anos de sua carreira: um acampamento de tirar o fôlego e perfeição que estava mais próximo da cultura drag do que da semana de moda. – J. Lynch

33. “Oops!… I did it Again” (dir. Nigel Dick, 2000)

Pense em outra roupa que perdura por décadas. Todos os que assistiram a este épico mini-espaço dirigido por Nigel Dick – o mesmo do igualmente único “Baby One More Time” – podem instantaneamente imaginar o catsuit vermelho colado de Brit (que foi ideia dela, assim como o conceito de dançar em Marte). Toda a experiência é um curso intensivo em Britney 101: grupo de dança sedutor, mas um pouco embaraçoso; contato visual hardcore com a câmera; requentado mid-riff se contorcendo; e uma comédia boba, que permanece até hoje como peça-chave no projeto de marca da estrela. – GK

A primeira posição ficou com “Bad Romance” de Lady Gaga. A lista completa pode ser conferida no site da revista, ou através da playlist abaixo:

Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral, está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.