DOMINATION

Another day, another drama: Imprensa americana fala sobre a venda de ingressos da “Domination”

Após o anúncio da “Domination”, as coisas paracem estar andando a passos bem demorados no mundo de Britney. Esperava-se um anúncio de single novo para divulgar o novo show, ou até mesmo o anúncio de um novo álbum. Nem mesmo entrevistas a redes de televisão foram feitas.

Isso deu margem para a imprensa americana debater sobre uma falta de interesse do público geral (turistas, viajantes etc) na nova residência. Por isso, a imprensa começou a criar pauta sobre o novo show de Britney na “Cidade do Pecado” não estar vendendo como deveria. Tudo começou quando o New York Post, que parece ter um obsessão em diminuir Britney, postou uma matéria intitulada “Nova residência de Britney Spears parece ter sido uma má ideia”. No texto eles descrevem que, segundo fontes anônimas, após uma semana de vendas abertas ao público, as 17 datas iniciais venderam pouco menos da metade dos ingressos.

Flyer oficial do show 

Mesmo sendo uma publicação de renome, o jornal tem um histórico considerável em tentar menosprezar Britney. Confiram algumas manchetes já publicadas:

Sabemos que essa prática é comum no jornalismo e isso não é novidade até mesmo para a Britney. É fato também que não temos como ter certeza de quantos ingressos foram vendidos, mas é importante levarmos em consideração alguns pontos.

  • Britney não é novidade em Las Vegas – Apesar de ser um novo show, a imagem de Britney nos Estados Unidos já está muito atrelada a Las Vegas. As pessoas que moram lá tiveram 4 anos para se programar e vê-la se apresentando. E mais ainda: parte deles acabou de pagar (caro) para ver a despedida da “Piece Of Me” há menos de 6 meses.
  • É muito difícil lotar shows em uma residência – A menos que você esteja se despedindo da cidade (como é o caso de Celine Dion atualmente), os shows de residência em Las Vegas quase sempre terão ingressos à venda, por terem 3 shows exatamente iguais, do mesmo artista, na mesma semana. Além disso há muitas variantes: a cidade estar cheia, feriados, entre outros. É um centro turístico, com opções variadas. Britney tem uma grande vantagem de ser um ícone jovem de muitos hits, mas existem outras opções. Muitos fãs de pop, por exemplo, se empenharam em comprar ingressos para a nova atração da cidade: Lady Gaga, que se apresentará no mesmo lugar que Spears, o Park MGM.
  • Britney não tem o maior salário de Las Vegas à toa – certamente há uma programação a ser cumprida junto com a equipe e a MGM, que é quem está investindo na residência. Como já publicamos anteriormente, o salário de Britney vai além de fazer shows, e sim aparições públicas em nome do conglomerado, como em boates da rede. Um investimento tão alto assim não é feito à toa e os riscos são previstos. 
  • Em Vegas, os ingressos se vendem de última hora – como vocês já estão cansados de acompanhar durante os quatro anos da Piece Of Me, em Las Vegas os ingressos costumam vender cerca de um dia antes dos shows, pois, como já falamos, dependem da ocupação da cidade.

Mesmo assim, a publicação dessa simples matéria conseguiu repercutir na imprensa televisiva. No programa da Wendy Williams, a apresentadora defendeu Britney, dizendo que a matéria era um exagero e que no dia, todos os ingressos estariam vendidos. Vale ressaltar que Wendy costumeiramente fala mal de Britney: 



Comentários do Facebook
Licença Creative Commons
Este texto autoral está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.britneyonline.com.br.